Técnicas de SEO para melhorar o seu posicionamento online

Descubra algumas dicas práticas que pode aplicar imediatamente ao seu website e com isso aumentar a probabilidade de os seus potenciais clientes encontrarem de imediato o seu website no Google!
Técnicas de SEO para melhorar posicionamento online

SEO significa Search Engine Optimization e representa um conjunto de técnicas utilizadas para otimização de websites, blogs, landing pages e outras páginas web, de forma a gerar mais tráfego orgânico através de motores de pesquisa como o Google.

Este é um trabalho demorado e em contínuo, que permite às marcas alcançar mais utilizadores através de um posicionamento elevado nas pesquisas online – o objetivo é que a página ou website da empresa seja a primeira entrada na página principal de resultados de pesquisa!

Técnicas de SEO para melhorar o seu posicionamento online

Para alcançar bons resultados, é necessário implementar estratégias que se podem dividir em SEO técnico e SEO para conteúdo. Neste artigo, iremos explorar algumas dicas práticas que pode aplicar imediatamente ao seu website e com isso aumentar a probabilidade de os seus potenciais clientes encontrarem de imediato o seu website no Google.

SEO Técnico

SEO técnico é um conjunto de elementos que devem fazer parte de qualquer website, por forma a este ser legível e indexado pelos motores de pesquisa. Destacamos alguns dos pontos mais importantes, que devem fazer parte do planeamento inicial da criação de cada página online:

1. Certificado SSL

Este certificado online permite uma conexão segura entre o utilizador e o seu website, o que impede entidades externas de intercetar o acesso e ver os dados partilhados de ponta a ponta. Isto irá gerar confiança por parte do utilizador, ao verificar que o domínio é precedido de https e um cadeado fechado, e evita problemas de acesso não autorizado.

Além disso, este certificado aumenta o ranking do website desde 2014 e permite a leitura dos dados pelo Google Analytics (ferramenta que mede o tráfego das páginas online e permite uma análise de vários dados para otimização de resultados).

2. Tempo de Carregamento

50% dos utilizadores espera que um website carregue em menos de 2 segundos, e por cada segundo adicional de tempo de carregamento, 20% das pessoas abandonam o website, de acordo com dados do SEM Rush.

Assim, para garantir que o utilizador se mantém no website durante mais tempo e visita o maior número de páginas possível num único acesso, é fundamental que cada página carregue quase instantaneamente. Além disso, aumenta o ranking do website perante o Google, motor de pesquisa mais utilizado no Ocidente.

3. XML Sitemap

Trata-se de um ficheiro que contém uma lista com o mapa de ligações URL do website, que serve de “esqueleto” da arquitetura do website.

É fundamental que existam várias interconexões entre cada página online, por forma a que o utilizador possa navegar com facilidade e de modo intuitivo. Este ficheiro será lido pelos motores de pesquisa para compreensão do funcionamento e acessibilidade do website.

4. Robots.txt

Este ficheiro de texto indica quais as páginas de um website que podem ser indexadas. Se o responsável pelo website não quiser que uma página específica seja acedida pelos motores de pesquisa, é neste ficheiro que o deve indicar.

5. URLs legíveis

Um URL legível é fundamental para motores de pesquisa e utilizadores. Deve ser composto por: protocolo (https idealmente), domínio personalizado (ou subdomínio e domínio, no caso de existir), Top-level domain (.com ou .pt, por exemplo) e slug (página a que diz respeito, que deve utilizar keywords importantes e que sejam facilmente interpretadas pelos utilizadores, indicando imediatamente em que parte do website se encontram).

6. Redirecionar URLs

Por vezes, existem mudanças na estrutura do website, e as páginas mudam de nome e URL. Para tal, devem ser verificados os URLs que ficam sem acessibilidade e redirecioná-los para os novos URLs, utilizando um de dois códigos:

301 redirect: se a página mudou permanentemente, teremos de adicionar este código para indicar aos motores de pesquisa qual a antiga e qual a nova página;

302 redirect: se a página mudou temporariamente, adicionamos este código e mais tarde retiramos.

7. Canonicalization

O Google não penaliza conteúdo duplicado, ao contrário do que é crença comum. Contudo, valoriza conteúdo único, pelo que no caso de existirem duas páginas semelhantes ou iguais num website deve ser utilizada uma tag que indica no topo de página qual é a preferencial ou “oficial”.

Para isso, é utilizado o código rel=‘canonical’, que será lido pelos motores de pesquisa.

8. Estrutura de Dados

Para ajudar os motores de pesquisa a compreender a informação disponibilizada por um website, é utilizado um esquema de dados que, através de tags, indica o que é cada conteúdo e qual a melhor forma de o apresentar nas páginas de resultados.

É utilizado comummente o schema.org, que ajuda a conferir maior visibilidade e legibilidade nos resultados de pesquisas.

Para verificar o estado técnico do SEO no seu website, pode utilizar ferramentas de auditoria como o MozBar, o Screaming Frog e o Webpagetest.org. Para apoio especializado de auditoria e melhorias no desenvolvimento do seu website, contacte-nos!

SEO para Conteúdo

O conteúdo tem ganho cada vez mais importância para os motores de pesquisa. O objetivo é fornecer informação relevante para os utilizadores, sendo que quanto melhor e mais bem estruturada for a informação, maior a probabilidade de ser o resultado escolhido pelo motor de busca para apresentar em primeiro lugar a quem realizou a pesquisa.

Assim, existem vários elementos de SEO que devem ser tidos em conta quando se cria um conteúdo numa página web:

1. Inbound links

Este é um dos elementos mais valorizados pelo algoritmo Google: a capacidade que o website tem de construir links relevantes e ganhar referências externas noutros websites.

Uma referência ideal vem de um website com muito tráfego e autoridade, pois os utilizadores mais facilmente seguem o link para o website mencionado.

2. Anchor Text

Trata-se do texto clicável de um link, que normalmente tem uma cor de destaque e está sublinhado, diferenciando-se assim do restante texto da página online.

Existem vários tipos de texto clicável, sendo que a escolha deve incidir na forma mais adequada ao restante conteúdo: pode ser a keyword em destaque, a marca a quem pertence o link, um botão ou texto “saiba mais” ou o próprio URL sem texto adicional.

3. Pesquisa de Keywords

É fundamental que, antes de criar conteúdo para um website, se faça uma pesquisa de keywords mais relevantes para um determinado tópico, isto é, das palavras mais utilizadas nas pesquisas nos motores de pesquisa pelos utilizadores.

Assim, nos textos, nas descrições e nas imagens, podemos afunilar as keywords e escolher as mais importantes para o nosso target.

4. Title Tag & Headings

O título da página é um ponto fulcral na abertura da mesma e leitura de conteúdo. Assim, deve ser apelativo, legível e simples, por forma a chamar a atenção, ser utilizado na URL e poder ser lido nas páginas de resultados de motores de pesquisa.

As Headings devem corresponder aos títulos e subtítulos dentro das páginas. Assim, para um título dentro da página devemos utilizar a heading H1, para um subtítulo H2, para uma nova divisão dentro do subtítulo H3, e assim sucessivamente.

5. Metadescription

Este é o texto descritivo que aparece por baixo do título nos resultados das pesquisas nos motores de pesquisa. Tem um número de caracteres limitado, pelo que deve ser apelativo e resumir o conteúdo que o utilizador vai poder encontrar nessa página.

6. Alt Text nas Imagens

As imagens podem ser otimizadas para a leitura pelos motores de pesquisa através do nome do ficheiro, texto alternativo e legenda. Todas as imagens de um website devem conter estes elementos, bem como ter um tamanho ajustado para o rápido carregamento da página, algo que, como falámos inicialmente, é valorizado pelos motores de pesquisa.

7. Conteúdos relevantes para utilizadores

Ao escrever conteúdo, não nos podemos esquecer quem irá valorizar: os utilizadores. Desta forma, embora o SEO represente um importante aspeto para otimizar a presença numa boa posição dos resultados de pesquisa, sem um bom conteúdo que seja legível, acessível, explicativo e que responda às questões dos utilizadores, que é quem procura por este tipo de respostas, os motores de pesquisa não irão valorizar a página.

Este ponto está intimamente interligado com a Experiência do Utilizador (UX), tópico que exploramos em detalhe neste artigo. Se o utilizador tiver uma boa interação com a página, esta terá melhor performance nos resultados de pesquisa.

8. Conteúdo otimizado e atualizado

Depois de escolher as keywords mais relevantes e escrever o conteúdo da página, é fundamental continuar a otimizar e atualizar esse mesmo conteúdo.

As páginas online não são algo estanque e devem ser constantemente revisitadas e melhoradas. Além disso, se houver novidades sobre determinado tema, poderá não fazer sentido criar um conteúdo totalmente novo, mas sim acrescentar essa informação ao conteúdo já existente e que apresenta bons resultados na pesquisa.

Para escolher keywords relevantes para os seus conteúdos, sejam páginas, landing pages ou blog posts, pode utilizar ferramentas como Google Keyword Planner, Ubersuggest ou Ahrefs.

As estratégias de SEO são demoradas e têm resultados a longo prazo. Contudo, são fundamentais para uma solidificação do posicionamento de mercado da sua empresa, através de um website confiável e reconhecido.

Neste artigo, contemplamos alguns dos fundamentos de SEO para websites, mas existem muitos outros pontos on-page e off-page a explorar, bem como atualizações dos algoritmos, nomeadamente do Google.

Aposte nas técnicas SEO para fazer crescer o seu negócio! Fale já com a nossa equipa de Estratégia Digital para uma sessão de consultoria e análise do seu website, que levará a propostas de soluções para uma otimização do desempenho das suas ferramentas digitais.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Últimos artigos

Esteja a par das novidades

Shopping Basket

Escreva-nos e peça a sua proposta. Respondemos em 24 horas.